PALESTRANTES


Antonio Carlos Gomes

Consultor Pedagógico da Academia Brasileira de Treinadores do IOB/COB.

Doutor em Ciência do Treinamento Desportivo da Russia pela Universidade Nacional de Cultura Física, Esporte e Turismo, Gomes também é autor de centenas de livros e artigos científicos na área de Ciências do Esporte. Ministrou mais de 1.200 palestras e cursos no Brasil e no Exterior. É docente em diversos cursos de pós-graduação em Esporte de Alto Rendimento. Atualmente é presidente da Sociedade Brasileira de Treinadores do Esporte e Consultor Pedagógico do Instituto Olímpico Brasileiro do COB.


Chelsea Warr

Diretora de Performance da United Kingdom Sport (UK Sport).

Chelsea chegou à UK Sport em 2005 e liderou a transformação da abordagem do sistema de Alto Rendimento da Grã-Bretanha para identificação e desenvolvimento de talentos. Isso levou à descoberta de medalhistas olímpicos, como Helen Glover (remadora bicampeã olímpica) e Lizzy Yarnold (esquiadora bicampeã olímpica). Foi promovida a Vice-diretora de Performance em 2013 e, em seguida, Diretora de Performance em outubro de 2016, conduzindo a Grã-Bretanha ao sucesso histórico no Rio 2016, em que se tornaram o primeiro país a melhorar o desempenho depois de ser sede de uma edição dos Jogos Olímpicos.


Chris O’Brien

Vice-Diretor de performance do Australian Institute of Sport (AIS).

Treinador olímpico de remo mais bem-sucedido da Austrália, Chris O´Brien liderou a equipe de remo da Austrália para uma medalha de ouro e duas medalhas de prata nas Olimpíadas do Rio 2016. Também treinou outros atletas de remo para duas medalhas de ouro e duas medalhas de prata em quatro edições de Jogos Olímpicos anteriores. Chris é vice-diretor do Australian Institute of Sports (AIS), onde trabalha com uma variedade de esportes para estabelecer planos e execução de seus programas em busca dos melhores resultados Olímpicos e Paralímpicos. Diariamente é desafiado a adaptar seus conhecimentos e várias habilidades aos programas de elite em uma ampla variedade de esportes, incluindo atletismo, tiro esportivo, ciclismo, vôlei, skate e surfe. O´Brien é graduado em Administração e possui pós-graduação em Educação e Ciência do Esporte. Essas conquistas acadêmicas, juntamente com suas conquistas esportivas, ajudam a moldar seu pensamento em torno da entrega de resultados esportivos, liderança e trabalho em equipe. 


Dr. Roberto Nahon

Graduado em Medicina pela Universidade Federal Fluminense, Roberto Nahon fez especialização em Medicina do Exercício e do Esporte, Residência Médica em Ortopedia e Traumatologia. É mestre pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em Clínica Médica, doutorando em Neurociências pela UFRJ. Membro titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia (SBOT) e da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBME), Nahon também integra o Comitê Médico da PATCO e a Comissão de Remo Paralímpico da Federação Internacional de Remo (FISA). Atualmente é coordenador de Ações Médicas do Comitê Olímpico do Brasil (COB), classificador Paralímpico Internacional das Confederação Internacional de Remo e Triathlon nas especialidades médico e técnico, faz parte do corpo editorial da Revista Arquivos em Movimento, da UFRJ e atua em temas como esporte, ortopedia, classificação paralímpica, fisiologia e engenharia biomédica. 


Jorge Bichara

Diretor de Esportes do Comitê Olímpico do Brasil (COB).
 
Bichara chegou ao COB em 2005 e dois anos depois começou a trabalhar no Alto Rendimento. Como Gerente de Projetos Especiais e, depois, como Gerente Geral de Alto Rendimento, foi responsável por coordenar, junto às Confederações, o planejamento e os investimentos especiais na preparação dos atletas brasileiros para Londres 2012 e para a Rio 2016, culminando no melhor desempenho do país na história dos Jogos, com recorde no número total de pódios, 19, e de ouros, 07, com 12 modalidades diferentes conquistando medalhas olímpicas. É formado em Educação Física pela UFRJ e possui MBA em Administração Esportiva pela FGV. Atualmente, é Diretor de Esportes do COB.

 


Maurits Hendriks

Diretor de Alta Performance do Time Holanda do Nederlands Olympisch Comité * Nederlandse Sport Federatie (NOC*NSF).

Diretor técnico do departamento de Top Esportes do Comitê Olímpico da Holanda, sendo responsável tanto pelo desenvolvimento da política esportiva superior quanto pelo desenvolvimento de desempenho dos principais atletas holandeses. Foi chefe da missão holandesa em Sochi 2014, onde a Holanda dobrou o recorde de medalhas (24) e acabou na quinta colocação no quadro de medalhas; e na Rio 2016, em que o país conquistou 19 medalhas, sendo 8 de ouro, e o 11º lugar.


Michael Vesper

Consultor Sênior do Comitê Olímpico Internacional

Vesper juntou-se à Confederação Olímpica da Alemanha (DOSB) em 2006 como Diretor Geral. Em 2014, foi eleito presidente do Conselho Executivo, cargo que ocupou até 2017. Na DOSB, ajudou a Alemanha a conquistar 127 medalhas nos Jogos de Verão (Pequim, Londres e Rio de Janeiro) e 78 nos Jogos de Inverno. Em 2016, os germânicos faturaram 17 medalhas de ouro, melhor desempenho desde Atlanta 96, conquistando a 5ª colocação no quadro de medalhas. Nos Jogos de Inverno, o desempenho foi ainda melhor, com a 1ª colocação no quadro de medalhas em Turim 2006 e 2º em Vancouver 2010. Atualmente, é Consultor Sênior do Comitê Olímpico Internacional (COI).



Em breve, mais palestrantes. Aguarde!